Quem é você na crise do COVID-19?                                                              6 Dicas para você se reinventar
Nova era pós COVID-19

Quem é você na crise do COVID-19? 6 Dicas para você se reinventar

Estamos vivendo um momento delicado com a pandemia do COVID-19 em todo o mundo.

Nós brasileiros, que temos uma economia frágil, uma cultura tropical, de muito convívio social, estamos sofrendo impactos de todos os níveis. Mas é fato que só sairemos deste momento fortalecidos se realmente nos reinventarmos, buscando conexão com a melhor frequência desta crise: o aspecto da regeneração do comportamento humano.

O que estava em alta há poucos dias atrás, não está mais. O que sabíamos e não praticávamos, agora é essencial. O que ignorávamos e que parecia não ser urgente, agora tornou-se urgente.

Estamos carentes do que nem valorizávamos tanto assim: do afeto, dos abraços, da presença dos amigos, da família, daquele sonho engavetado, daquela viagem que não planejávamos porque tínhamos, até então, uma falsa sensação de eternidade.

No aspecto emocional estamos sendo bombardeados com sentimentos que por vezes nos mergulham num humor mais depressivo e em outros momentos, numa ansiedade descontrolada.

Novas rotinas, novos hábitos, novos desafios. E tudo isto em todas as áreas da vida, ao mesmo tempo.

A família passa por desafios diversos, como convivência em confinamento, reorganização de horários, rotinas e espaços, bem como as empresas e os profissionais.

O modo como fazemos todas as coisas triviais estão em total readaptação.

Tarefas simples como fazer compras, hábitos de higiene, limpeza e organização dos espaços, nossa alimentação, tudo passa pelo crivo do medo, da insegurança e da necessidade de aprender a viver neste mundo novo, com o COVID-19.

A convivência social está suspensa, mas ao mesmo tempo voltamos a nos preocupar mais com o outro e buscar a colaboração com o bem estar coletivo.

O COVID-19 está nos humanizando, nos fazendo olhar para dentro.

A forma como nos alimentamos passa a ser olhada pela perspectiva da imunidade e da higienização dos alimentos. E finalmente olhamos para a nossa saúde, para as escolhas que vimos fazendo e para a nutrição do corpo e da mente.

As relações, a convivência, o consumo, o comportamento; tudo está sendo ressignificado.

Os valores universais e individuais passam por uma revisão profunda.

O grande desafio agora é que com a crise mundial do COVID-19, algumas virtudes serão fundamentais para nos manter fortes e ajudar na reconstrução deste novo momento.

Resiliência, equanimidade, autocontrole, serenidade, positividade, flexibilidade, são algumas delas.

O futurista Gerd Leonhard afirma: “Estamos entrando no que chamo de * A Grande Transformação * . Enormes desafios e muitas dificuldades são certos, mas essa redefinição total também irá catalisar muitos novos começos.”

O Secretário Geral da ONU, António Guterres, avalia que “a recuperação da crise dos coronavírus deve levar a um mundo melhor”.

A pergunta que mais ecoa em nossos ouvidos hoje é a seguinte:

  • Quem é você e na crise do COVID-19?
  • Quem você quer ser neste futuro que já chegou?

Este vírus veio com força, desconstruindo toda a nossa verdade e nos arremessando contra os muros da reinvenção. O COVID-19 é poderoso.

E se você não sabe por onde começar temos aqui algumas dicas simples para você, para o seu negócio e para a sua família.

  1. ORGANIZE SUA NOVA ROTINA
    Agora que a maioria de nós está em casa, trabalhando em home office, a rotina individual, familiar e profissional precisa ser adequada a nova realidade. Portanto, concentre seus esforços, neste primeiro momento na organização dos espaços, no planejamento da agenda e em refazer os acordos familiares, quando houver mais de uma pessoa compartilhando o mesmo espaço e recursos de trabalho.
  2. SEJA FIEL AO SEU PLANEJAMENTO
    É muito comum quando passamos por uma mudança drástica, ficarmos perdidos, pois o nosso cérebro tende a buscar o comportamento automático, ou aquilo que fizemos durante muito tempo do mesmo modo. Nova rotina = novos hábitos. Novos hábitos = recompensas. Se você cumpriu sua agenda, recompense-se.
  3. AUTOCONHECIMENTO É LIBERDADE
    Conheça-se profundamente. Avalie seu perfil comportamental, mapeando todas as suas habilidades, dons, talentos. Perceba o que você entrega para o mundo de um jeito único e que faz seu coração bater, além de como você faz as pessoas se encantarem. Valide com seus conhecidos quais são seus pontos fortes e use estas respostas para tomar novas decisões assertivas.
  4. USE A CRIATIVIDADE COMO ALIADA
    A criatividade é uma das características mais preciosas da vida e agora ela é fundamental para conseguirmos reagir a esta crise que nos pegou de surpresa.  Mas este recurso tão valioso não precisa partir somente de você. Convide sua família, seus amigos, sua equipe, para uma reunião, use um aplicativo de videoconferência e peça ajuda com ideias. Escreva tudo o que surgir num painel, um quadro ou folha de caderno e escolha aquelas que forem mais viáveis e inovadoras, com aplicação prática e imediata.
  5. ESTEJA PRESENTE E CUIDE
    Não deixe seu network sentir falta de você. Cuide dos seus amigos, dos seus clientes, parceiros e de sua rede de contatos. Agora é a hora de demonstrar o quanto estas pessoas são importantes para você. Existem muitas formas de fazer isto através de ligações, mensagens, contato pelas redes sociais e-mails. Se você tem clientes, tenha um cadastro de todos eles e procure entender o que eles necessitam agora.
  6. SEJA A SOLUÇÃO GERANDO VALOR
    As pessoas que se conectam com você devem perceber que você se importa com elas e que existe um compromisso seu com bem estar delas.  A experiência pode fidelizar seus relacionamentos, seus clientes, sua audiência. Uma forma de demonstrar esta atitude é gerar conteúdos gratuitos e valiosos no seu segmento de atuação, afim de proporcionar conexão e continuidade neste relacionamento. Você pode ainda oferecer segurança para que ele continue consumindo com você ou com a sua empresa, revendo seu modelo de negócios, sua oferta e sua entrega.

Enfim, concordamos com Gerd Leonhard. Esta é um Grande Transformação e quem estiver disposto a transformar seu mindset se adaptará a nova era.

A palavra de ordem é flexibilidade.

Contem conosco nesta grande transformação.

Renata Martins e Max Siqueira

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Como posso te ajudar?
Fale conosco